Ir para o conteúdo

aparelho, comércio eletrônico, comprimido

 

Os e-commerces já não são uma novidade. Mas, no cenário atual, de pandemia, seu uso tem sido cada vez mais recorrente. É uma forma de manter as empresas na ativa e de satisfazer os desejos de consumo dos clientes neste momento em que realizar compras de forma presencial não é o recomendado.

 

Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), durante esse período, o número de lojas por mês que iniciaram seus comércios eletrônicos apresentou um aumento de 400%. São mais de 100 mil lojas que aderiram às vendas através da internet!

 

Mas, como sabemos, para ter sucesso nas vendas on-line, é preciso pensar constantemente em estratégias para aumentar o faturamento, bem como para manter o nível adequado de vendas, mensalmente.

 

Por isso, separamos a seguir 6 ações que você poderá incluir no seu planejamento para alcançar esses objetivos. Confira.

Aumentando o faturamento do seu e-commerce: 6 ações possíveis

Cada negócio tem suas próprias necessidades e está inserido em uma realidade diferente. Entretanto, é possível encontrar algumas ações que podem ser comuns a qualquer tipo de e-commerce e que irá trazer bons resultados para o faturamento. Elencamos 6 delas adiante. Veja.

1. Aposte nas redes sociais

Milhões de pessoas acessam diariamente as redes sociais e nelas passam algumas horas do seu dia. No Brasil, segundo o Statista, o número de usuários das redes sociais ainda pode aumentar em mais de 20% até 2023.

 

As redes sociais são uma vitrine para os seus produtos e serviços e um canal poderoso para levar as pessoas até o seu e-commerce. Tanto que, plataformas como o instagram, por exemplo, já possuem o recurso de loja, facilitando esse redirecionamento. Mas é possível também explorar as demais redes como o Facebook, o Twitter ou ainda o Tik Tok.

 

Esses locais são uma oportunidade de apresentar seus produtos e serviços e ainda um espaço para conhecer melhor os seus potenciais clientes e manter um relacionamento mais próximo com os seus consumidores. Por isso, para aumentar o faturamento do seu e-commerce: invista nas redes sociais!

2. Diversifique e facilite as formas de pagamento

Quem faz compras on-line está em busca principalmente de uma coisa: facilidade. Por isso, prepare uma página de check out simples e fácil de entender, sem deixar de lado a segurança dos dados do cliente.

 

Quanto mais fácil for o processo de finalização da compra e quanto mais opções de formas de pagamento o seu e-commerce oferecer, menos barreiras o cliente encontrará para realizar a compra, aumentando assim o seu faturamento.

3. Lembre-se de usar o e-mail

Sim, o e-mail ainda é uma poderosa ferramenta de vendas! Mas é preciso saber como utilizar. O primeiro passo é criar estratégias para coletar e-mails de potenciais interessados no seu produto ou serviço. Isso pode ser feito de diversas formas, como através das redes sociais, por exemplo.

 

Após coletar esses e-mails (essa é uma atividade que deve ser realizada constantemente) é preciso investir na criação de um conteúdo relevante, que interesse aos seus leads (potenciais clientes) e que ajude a despertar o interesse dele por seu negócio. Além disso, você pode também usar o e-mail para enviar promoções, por exemplo.

4. Otimização é fundamental!

Você utiliza as técnicas de SEO no seu site? Se não, já está mais do que na hora de começar! SEO (Search Engine Optimization ou “Otimização para mecanismos de busca”) é o conjunto de técnicas utilizadas para que a sua página na internet seja encontrada mais facilmente pelos mecanismos de buscas, como o Google, por exemplo, e seja apresentada aos usuários.

 

Usando essas técnicas da forma correta seu e-commerce aparecerá nas primeiras páginas dos mecanismos de busca, fazendo com que mais pessoas acessem e conheçam o seu negócio.

5. Não esqueça do pós-venda

Um processo de venda não termina quando o cliente finaliza a compra. Para fidelizar e fazer desse cliente um propagador da sua marca é preciso investir no pós-venda. Encontre estratégias para saber como foi a experiência desse cliente com os seus serviços, bem como para mantê-lo atraído pelo seu negócio para que possa indicar para outras pessoas e ainda realizar outras compras. Lembre-se: além de atrair, é preciso reter!

6. Mídia paga

Grande parte das estratégias, inclusive algumas das que indicamos aqui, são gratuitas. Basta ter as informações necessárias. Com boas estratégias é possível atrair um grande número de potenciais clientes de forma orgânica.

Entretanto, não podemos deixar de lado o poder da mídia paga. Utilizando o Google Adwords e o Facebook Ads, por exemplo, é possível trazer um número maior de leads para o seu e-commerce, bem como leads mais qualificados também, ou seja, que realmente se interessem ou necessitem do produto ou serviço que você oferece. Por isso, a mídia paga também deve fazer parte das suas estratégias para aumentar o faturamento do seu e-commerce.

 

O e-commerce é uma ferramenta fantástica para o desenvolvimento do seu negócio. Basta saber utilizar as estratégias certas. Esperamos que essas dicas possam te ajudar!

adquirir, cartão de crédito, cliente

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.