Skip to content

O ato de contar histórias que cativam e prendem a atenção das pessoas está longe de ser modismo. O storytelling, que em tradução livre quer dizer “contar histórias”, nada mais é do que criar um elo de identificação e emoção entre sua marca e seu público alvo por meio de uma boa história cativante.

Hoje, as empresas usam cada vez mais o storytelling para atrair clientes e alavancar os negócios, com uma estratégia baseada em contar histórias relevantes para persuadir o consumidor.

É possível abordar sua persona com inúmeros recursos de linguagem, como texto, imagem, som e vídeo. Apresentar a mesma história com diferentes recursos pode promover o negócio em diferentes ocasiões, passando por todas as etapas da jornada do cliente, desde o lançamento de um produto à fidelização dos consumidores.

Como aplicar storytelling na minha empresa?

Você já percebeu como o storytelling atua no marketing para integrar toda estratégia de conteúdo da empresa em torno de uma boa história, capaz de criar um laço de identificação e emoção entre sua marca e seu potencial cliente.

  • Ele pode ser usado para diferentes finalidades:
  • Aumentar o tráfego no blog da empresa;
  • Aumentar o engajamento nas redes sociais;
  • Vender mais;
  • Criar autoridade para a sua empresa;
  • Fidelizar clientes.

Essa estratégia é muito persuasiva, pois é capaz de tocar no emocional do consumidor, fazendo-o criar um elo de identificação entre sua vida e o que sua marca oferece como solução para seus problemas e necessidades.

Para oferecer uma boa história ao público, capaz de atingir em cheio seu lado emocional, preste atenção nessas quatro dicas essenciais para vender mais com storytelling:

  1. Elabore uma narrativa dinâmica

É preciso criar um conteúdo que mantenha o público interessado, então nada de textos maçantes e cansativos. Invista em dinamismo, emoção e uma boa história para manter a pessoa do outro lado da tela muito interessada.

Dica: deixe a narrativa rápida e leve e, se possível, combine outros recursos visuais, como imagens, vídeos e ilustrações.

  1. Tenha um slogan

Sintetizar sua mensagem em uma frase curta e de efeito pode facilitar na difusão da sua mensagem persuasiva. O slogan da Nike “Just do It”, é um belo exemplo de mensagem sucinta, mas que passa toda mensagem da campanha.

  1. Ofereça uma solução ao público

O objetivo do storytelling é vender mais, certo?! Então você precisa incluir um produto ou serviço que resolva um problema específico do leitor. Aliar a sua história com uma série de argumentos ao longo da narrativa, leva seu potencial cliente cada vez para mais perto da compra.

  1. Crie um call-to-action

Dizer ao leitor o que fazer em seguida é parte fundamental em toda estratégia de marketing, e no storytelling não poderia ser diferente.

Por isso, não se esqueça de acrescentar um CTA, ou chamada para ação, no fim do conteúdo convidando o leitor para o que ele deve fazer em seguida. Por exemplo: “torne-se um empreendedor” ou “saia do vermelho agora”, são bons exemplos. Passe uma mensagem de impacto!

Viu só como é possível criar uma estratégia baseada em storytelling para sua empresa? Isso é válido para negócios em todos os segmentos e independente do porte da empresa. Quer saber mais? Entre em contato com um de nossos especialistas e crie novas conexões com seu público!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.